Neste final de semana começou a Bienal Internacional de Curitiba com artistas do mundo todo. Um processo delicado e trabalhoso de montagem que teve início aproximadamente 15 dias antes da inauguração. Com a vinda dos curadores para a cidade, as locações foram checadas, os materiais providenciados e as obras instaladas.

2013-08-31 17.19.23

Turn off the world (artista: David Svensson)

Só no MON são mais de 30 artistas com destaque para a sala Magnet River, que mostra o trabalho de um coletivo de artistas europeus numa montagem puramente contemporânea. No corredor de vídeos-arte, salas escuras e um ambiente introspectivo para apreciação das obras de João Castilho e outros artistas.

Equipe de laudo técnico no MON

Equipe de laudo técnico no MON

Na Casa Andrade Muricy, o austríaco Clemens Krauss e o chinês Wang Cheng Yun transformaram as sólidas estruturas da antiga casa em obas efêmeras nas paredes do espaço.

artista Wang Cheg Yun e curadora Tereza Arruda

artista Wang Cheg Yun e curadora Tereza Arruda

São lugares belos para levar nossas crianças, para discutir a arte, para provocar, para instigar. Para tanto, a Bienal montou um material educativo disponível gratuitamente para download no link: http://www.bienaldecuritiba.com.br/pdf/material-educativo.pdf

Óleo sobre parede sem título (artista: Clemens Krauss)

Óleo sobre parede sem título (artista: Clemens Krauss)